Caracterização bromatológica da polpa desidratada de frutos de Euterpe edulis Mart. e seleção de genótipos

Nome: Natalia Caroliny da Silva Dias
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 13/02/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Adésio Ferreira Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Adésio Ferreira Orientador
Luciano Menini Examinador Externo
Marcia Flores da Silva Ferreira Examinador Interno
Tércio da Silva de Souza Coorientador

Resumo: A espécie Euterpe edulis Martius caracteriza-se por produzir uma elevada quantidade de frutos que servem de alimento para aves e mamíferos durante longos períodos de escassez de recursos. Entretanto, estima-se que esteja ocorrendo perdas na diversidade da espécie devido à fragmentação florestal e ao intenso extrativismo do palmito produzido desde a colonização do país até os dias atuais. Atualmente, a espécie encontra-se na lista de espécies ameaçadas de extinção. O objetivo deste trabalho foi caracterizar quimicamente a polpa desidratada dos frutos de 60 acessos E. edulis coletados na região Sul do Espírito Santo; avaliar a variabilidade genética e selecionar genótipos baseados em caracteres químicos relacionados à comercialização dos frutos a fim de aplicá-los ao programa de melhoramento da espécie. Foram coletados frutos de 60 acessos e realizadas análises das seguintes características: umidade, biomassa, rendimento, acidez total titulável (ATT), sólidos solúveis totais (SST), fibra bruta (FIB), lipídeos (LIP), pH, conteúdo mineral (CM), compostos fenólicos totais (FNT), antocianinas totais (ANT), flavonóis totais (FLV); proteína bruta (PROT); açucares solúveis totais (AT) e açucares solúveis redutores (AR). Realizou-se o teste de agrupamento Scott-Knott a 5% de probabilidade. Para análise da variabilidade genética entre e dentre os acessos utilizou-se o método de agrupamento de ligação média entre grupos (UPGMA) e a análise de variância molecular (AMOVA). Para a seleção dos indivíduos foram utilizados o índice de seleção com base em modelos mistos (REM/BLUP) e rank médio de Mulamba e Mock. Os materiais vegetais de E.edulis do sul do Espírito Santo apresentaram variação considerável nos teores químicos tendo-se acessos divergentes dentro de uma mesma localidade. O agrupamento UPGMA estruturou os 60 acessos em quatro grupos pela significância obtida pelo método de Mojena (1977). A distância genética entre os acessos dos grupos I e II foi baixa indicando alta similaridade entre eles. Os grupos III e IV apresentaram apenas um acesso, que divergiram de todos os outros. A AMOVA não foi significativa. Os acessos que obtiveram os melhores ganhos preditos de acordo com os índices de seleção foram IB3P4, IB3P9, IB3P5, IB3P6 e IB3P1, podendo ocupar posição de indivíduos base para cruzamento no programa de melhoramento da espécie.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000