DIVERSIDADE GENÉTICA DE Myrsine coriacea E OBTENÇÃO DE MICROSSATÉLITES

Resumo: Myrsine coriacea ocorre em todo o país, e em quase todas as formações vegetais, sendo particularmente frequente na Floresta Ombrófila Densa. É considerada uma planta pioneira, com grande capacidade de colonização atuando como facilitadora da regeneração natural. Para esta espécie não existem marcadores moleculares desenvolvidos, sendo que estas ferramentas são importantes para análises genéticas que permitem estimar o fluxo gênico, a estrutura genética populacional, e o tamanho efetivo das populações. Informações desse tipo são extremamente úteis para conservação, in situ em longo prazo, além de auxiliarem programas de manejo e uso sustentável das reservas florestais. A utilização do marcador molecular ISSR permite conhecer a diversidade genética, entretanto o desenvolvimento de marcadores microssatélite SSR traz importantes vantagens para estudos de conservação e de estrutura genética das populações da espécie. Neste contexto o presente trabalho tem por objetivo analisar a diversidade genética de Myrsine coriacea e obtenção de marcadores microssatélites.

Data de início: 2013-05-24
Prazo (meses): 24

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Marcia Flores da Silva Ferreira
Pesquisador Tatiana Tavares Carrijo
Pesquisador Adésio Ferreira
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000