Desempenho de cultivares de feijoeiro convencionais e biofortificadas sob influência da nutrição mineral e plantas daninhas

Resumo: O feijão esta presente na maioria das refeições dos brasileiros. A produção dessa cultura no Espírito Santo atualmente é inferior a demanda. As novas cultivares biofortificadas e convencionais podem fortalecer esse seguimento agrícola e ao mesmo tempo nutrir a população com mais qualidade e de forma natural. O Projeto tem por objetivo avaliar cultivares biofortificadas e convencionais de feijão
quanto ao efeito do substrato, adubação foliar, e convivência com plantas daninhas. O ensaio será estabelecido em ambiente controlado no Centro de Ciências Agrárias da Universidade federal do Espírito Santo. O delineamento a ser utilizado será o inteiramente casualizado, num esquema fatorial com cinco 5 repetições. Serão feitas avaliações para diâmetro da planta (mm), comprimento da planta (mm), número de folhas, área foliar (cm²), número de flores, número de vagens/ planta, número de grãos/ vagem, uniformidade dos grãos e teor de clorofila no início do crescimento e no florescimento. Os dados experimentais serão submetidos à análise de variância pelo teste F e os efeitos de tratamentos principais e interações serão comparados pelo teste de Tukey em nível de 5% de probabilidade.

Data de início: 2014-08-01
Prazo (meses): 12

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Lidiane dos Santos Gomes Oliveira
Coordenador Leandro Pin Dalvi
Pesquisador Adésio Ferreira
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000