Caracterização do genoma de espécies de maracujá cultivadas no Espírito Santo visando o pré-melhoramento e o estabelecimento de bancos de germoplasma

Resumo: Passifloraceae é uma família pantropical, representada por 17 gêneros e aproximadamente 630 espécies, cuja grande maioria subordina-se ao gênero Passiflora. No Brasil são encontrados quatro gêneros com cerca de 130 espécies. No Espírito Santo, até o momento, foram encontradas aproximadamente 30 espécies de Passiflora. Dentre essas, um pequeno número se destaca no cenário econômico, como Passiflora edulis f. flavicarpa, P. edulis f. edulis e P. alata. O fruto dessas espécies é o maracujá, muito requisitado pela indústria de sucos prontos. Este fato, associado à grande expansão da demanda por polpa de fruta para sucos prontos no Estado, motivada pela instalação de novas indústrias, faz com que o maracujá apresente um mercado promissor. No entanto, a ampliação do cultivo desses frutos tem gerado demanda para pesquisas relativas ao plantio, colheita e introdução de novas espécies com características adaptativas ao clima do Estado, resistentes a pragas, tolerantes a alterações ambientais e mais produtivas, visando ampliação de renda, para atender o mercado com a indústria de sucos e o consumo in natura. A presente proposta inclui estudos citogenéticos, moleculares e de cultivo in vitro de espécies de Passiflora ocorrentes no Espírito Santo, a fim de auxiliar os programas de melhoramento do maracujá, com intuito de gerar frutos mais produtivos e resistentes a doenças, além de agregar valor à características não exploradas pelos produtores.

Data de início: 2015-08-08
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Milene Miranda Praça Fontes
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000